As mostras itinerantes da 34ª Bienal de São Paulo – Faz escuro mas eu canto desembarcam em Belém (PA) e Santiago (Chile). Em Belém, a exposição acontece até 20 de novembro no Solar da Beira e no Mercado Ver-o-Peso, com apoio cultural da Codem – Companhia de Desenvolvimento da Área Metropolitana, da Prefeitura de Belém, da Secon – Secretaria Municipal de Economia e da Fumbel – Fundação Cultural do Município de Belém.

No Solar da Beira, o público pode ver trabalhos de oito artistas de sete diferentes nacionalidades, e no Mercado Ver-o-Peso, conferir a escultura de luz Nos erguemos ao levantar outras pessoas (2021), obra de Marinella Senatore especialmente produzida para a 34ª Bienal de São Paulo. A instalação de dez metros de diâmetro fica suspensa sobre os visitantes, próxima ao telhado do Mercado, criando uma arquitetura efêmera e impactante. Composta por dezenas de lâmpadas, a obra nos lembra da força das ações realizadas coletivamente.

Obra de Alfredo Jaar durante a 34a Bienal de São Paulo. © Levi Fanan / Fundação Bienal de São Paulo.

Em Santiago, a exposição acontece até 27 de novembro, no Centro Nacional de Arte Contemporáneo Cerrillos, em parceria com o Ministério das Culturas, Artes e Patrimônio do Chile. Artistas chilenos prepararam intervenções especiais: Seba Calfuqueo realiza uma performance na abertura da exposição e Alfredo Jaar apresenta uma nova edição de sua obra Chiaroscuro (2021), com outras cores e traduzida para o espanhol.

Ações de difusão

Além do fomento à produção artística, um dos focos da Fundação Bienal de São Paulo é a realização de ações de educação e difusão. Em outubro, novas cidades ganham exposições do programa de mostras itinerantes.

34ª Bienal de São Paulo – Faz escuro mas eu canto
Programa de mostras itinerantes

Solar da Beira
Belém (PA)
até 20 de novembro 2022
Boulevard Castilhos França, 120
terça – sexta, 8h – 17h
sábado e domingo, 8h – 14h
entrada gratuita

Mercado Ver-o-Peso
Belém (PA)
até 20 de novembro 2022
Boulevard Castilhos França
segunda – quinta, 6h – 13h
sexta – sábado, 6h – 13h30
domingo, 6h – 12h
entrada gratuita

Centro Nacional de Arte Contemporáneo Cerrillos
Santiago (Chile)
1 de outubro – 27 de novembro 2022
Av. Pedro Aguirre Cerda, 6100, Cerrillos
terça – domingo, 10h – 17h
entrada gratuita

Obra de Marinella Senatore durante a 34a Bienal de São Paulo. © Levi Fanan / Fundação Bienal de São Paulo.