A Portas Vilaseca apresenta “Grande Circo Floresta”, primeira exposição individual do artista representado Zé Carlos Garcia na galeria, com curadoria de Cláudio Oliveira. Reunindo uma série inédita de objetos escultóricos feitos em madeira e amalgamados em diferentes aspectos, a mostra é resultado de mais de dois anos de trabalho e representa um mergulho que o artista sergipano radicado no Rio de Janeiro realizou em si mesmo, na sua história e na nossa realidade, trazendo à tona toda a ambiguidade da cultura brasileira.

Em seu itinerário artístico, Garcia estaria situado entre as obras do mestre Galdino e certos trabalhos de Tunga, passando pelo carnaval carioca, pela obra musical de Tom Zé e a obra iconográfica de Bosch. “Grande Circo Floresta” fica em cartaz até 30 de outubro. A visitação acontece com agendamento, é de terça à sexta-feira, das 11h às 19h, e aos sábados, das 11h às 17h, respeitando todos os protocolos da OMS.

A Portas Vilaseca Galeria fica na Rua Dona Mariana 137 – casa 2, em Botafogo, no Rio de Janeiro.