A Galeria Aymoré reabrirá as portas na próxima sexta-dia, dia 16, trazendo ao público uma exposição inédita e imersiva. “Cosmocinema” mostra um diálogo entre os trabalhos do artista plástico Hélio Oiticica e do cineasta Neville d’Almeida, amigos e parceiros na construção das instalações. Serão exibidas a instalação “Cosmococa 3” (1973-74), inspirada em Marilyn Monroe e inédita no Brasil, e os filmes “Mangue Bangue” (1971), “Navalha na Carne” (1997) e “Jardim de Guerra” (1970), que será visto na íntegra, com o trecho censurado durante o período da ditadura.

“Cosmocinema” celebra os 50 anos do encontro entre Oiticica e Neville, que aconteceu em Nova York durante os anos 1970, quando realizaram trabalhos conjuntos. As obras expostas mostram o desenvolvimento dessa parceria, começando com o filme “Jardim de Guerra”, que instigou o encontro dos dois, até o momento em que começaram a criar as Cosmococas juntos. As Cosmocapsulas, filmes criados pela dupla dentro das Cosmococas, também fazem parte da mostra.

 

Cena de “Mangue Bangue”.

“Há 50 anos um encontro mudou a história da arte e do cinema. Na premiere do filme Jardim de Guerra de Neville D’almeida, Helio Oiticica apareceu, levado por Waly Salomão. Três anos depois, eles criaram um Programa in Progress que foi batizado de Cosmococa. Esse encontro cósmico continua vibrando até hoje e mais um desdobramento dele se dará na expo Cosmocinema”, afirma Cesar Oiticica Filho.

“Buscar as obras imersivas do Oiticica, principalmente a Cosmococa, feita em parceria com Neville, nesse momento pandêmico e de conturbação política, é quase que imperativo. O trabalho foi feito há 50 anos, mas continua sendo extremamente contemporâneo e necessário, ainda mais para um momento de isolamento social, sendo a obra uma grande representação do contato e da parceria física”, afirma Gabriela Davies, curadora da Galeria Aymoré.

De modo a respeitar as restrições colocadas pela pandemia e promover maior imersão nas instalações, a visitação deverá ser agendada previamente no site da Galeria Aymoré e restrita a seis pessoas por hora.


Galeria Aymoré – Ladeira da Glória, 26
Entrada Gratuita
De terça a sábado, das 13 às 18h
Abertura: 16/10/2020
Até 13/02/2021