Dracena Home, inaugura sua nova loja no Espaço Itanhangá

Depois de 8 anos no shopping que combina com o seu estilo, está fixando a sua marca em um ponto mais nobre. um novo espaço, de 300m², que prometesurpreender. Nas novas coleções de produtos podemos destacar a linha de móveis, que ganhou reforços. Agora, além das mesas e aparadores em madeira de demolição. Encontram-se disponíveis itens como sofás de couro, cadeiras de jantar, poltronas, pufes e tapetes. E, futuramente, receberá uma linha de jardim.

Mantem-se parcerias de sucesso com grandes artistas plásticos do cenário brasileiro. o Studio Lambert Mathias, com toda a sua gama de peças que compõe o estilo rustico sofisticado da Dracena Home. Com as clássicas esculturas de parede em ferro, adornos e muitos mais. Leonardo Bueno e suas esculturas e mobiliário, em madeira, Regina Medeiros e seus belíssimos centros de mesa, em vidro, o Studio Lopomo, com suas esculturas de parede.

E, recentemente, Sandra Barreiro, e suas esculturas premiadas, em fita crepe.

Outra novidade, para os clientes, é a abertura da franquia em Brasília, que aconteceu em maio, deste ano.  Esta parceria amplia a atuação da marca pelo Brasil.

 

Mostra SP é tema de edição especial da Revista Curta!

PROGRAMA TRAZ ENTREVISTAS COM DIRETORES DE FILMES PARTICIPANTES DO FESTIVAL

A 41ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo, um dos principais festivais de cinema do país, é tema da Revista Curta! do próximo domingo, 22, às 17h30. Nesta edição especial da revista eletrônica semanal do canal Curta! dedicada à cultura, o público poderá conferir depoimentos sobre filmes produzidos com exclusividade para o canal que integram o festival, como o longa-metragem de ficção “Açúcar”, dos diretores Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira, o documentário experimental sobre a polarização da sociedade brasileira a partir da crise política do país, “O Muro”, do cineasta Lula Buarque de Hollanda, e “Paulo Autran: O senhor dos palcos”, documentário que conta as histórias e as reflexões de Paulo Autran, um dos mais importantes atores do país, morto em 2007. Outros destaques do festival, como “Aos Teus Olhos”, “Bio”, “Construindo Pontes”, “Não Devore meu coração”, “Praça Paris”, “Vazante” e “Café com Canela”, também integram o programa especial.

Além da exibição na programação linear, a edição temática da Revista Curta! sobre a Mostra São Paulo estará disponível também on demand, através do NOW, para assinantes NET, com entrevistas estendidas e conteúdos extras. Também pelo NOW, assinantes NET poderão conferir a edição especial Revista Curta! sobre o Festival do Rio, com depoimentos de alguns dos principais concorrente e vencedores, além de entrevistas disponibilizadas exclusivamente no serviço sobre “Unicórnio”, longa-metragem concorrente na categoria ficção na Premiére Brasil, e sobre o documentário produzido com exclusividade para o Curta!, “Karingana – Licença pra contar”, que integrou a Mostra Panorama do Cinema Mundial e revela o encontro da cantora brasileira Maria Bethânia, do escritor José Eduardo Agualusa, de Angola, da cantora moçambicana Mingas, e do escritor moçambicano Mia Couto para falar sobre o desenvolvimento da literatura em Moçambique e Angola.

Sobre o Curta!

Dedicado às artes, cultura e humanidades, o Curta! é um canal independente que acolhe a experimentação e se orgulha de ser um parceiro dos realizadores, artistas, criadores e produtores independentes. Com o compromisso de transmitir 12 horas por dia de programação nacional independente, os principais segmentos temáticos da programação são música, dança, teatro, artes visuais, meta-cinema, filosofia, literatura, história-política e sociedade.

O Curta! pode ser visto nos canais 56 e 556 da NET, 56 na Claro TV, 76 na Oi TV e como opcional à la carte na Vivo e GVT nos canais 664 (fibra), 132 (DTH – antiga GVT) e 552 (DTH – Vivo). Siga as redes do canal nos endereços: www.facebook.com/CanalCurtatwitter.com/CanalCurta e www.youtube.com/user/canalcurta

 

 Joia arquitetônica brilha no Porto do Rio

Sede da CasaCor 2017, a Tishman Speyer inaugurou ontem, dia 19 de outubro, o AQWA Corporate, primeiro projeto assinado pelo icônico escritório Foster+Partners, do arquiteto inglês Norman Foster, no Brasil. O presidente da Tishman, Daniel Cherman, recebeu empresários e investidores durante o coquetel que brindou mais uma atuação da empresa no mercado imobiliário do Rio de Janeiro. Além  da beleza e da inovação nas formas arquitetônicas, o empreendimento, no Porto Maravilha, é um exemplo de sustentabilidade e oferece vista única, de 360 graus, para toda a cidade e seu patrimônio natural e turístico. O AQWA Corporate é a nova peça de design imobiliário que vem se somar à Orla Conde, à Praça Mauá, ao Museu do Amanhã, Museu de Arte do Rio de Janeiro (MAR) e AquaRio.

Fotos: Miguel Sá

Documentário de Heitor Dhalia será exibido na Mostra de SP nesta sexta-feira

On Yoga: Arquitetura da paz entra em circuito a partir do dia 9 de novembro

Veja o trailer: https://youtu.be/Mfbeim7Bro4

 unnamed (11)

Primeiro documentário do cineasta brasileiro Heitor DhaliaOn Yoga: Arquitetura da paz será exibido pela primeira vez na capital paulista durante a 41ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.

 

Baseado no livro “On Yoga: The Architecture of Peace” (editora Taschen/2015), do renomado fotógrafo norte-americano Michael O’Neill, o filme estreou no país na última semana, no Festival do Rio, e agora estará na sessão Perspectiva Internacional da Mostra, onde será projetado em três dias do evento. Na primeira delas, no espaço Reserva Cultural, contará com a presença de Dhalia e de O’Neill.

 

O documentário chega aos cinemas no dia 9 de novembro e conta a história dos dez anos em que o fotógrafo passou registrando os grandes mestres da yoga. O filme foi idealizado como uma extensão profunda da obra original, ao colocar questões humanas a partir da perspectiva atual e misturá-la com elementos de movimento e som experimental, o que resulta em uma nova visão da arte da yoga.

 

No início de 2016, Heitor Dhalia e Michael O’Neill viajaram juntos para conduzir entrevistas com gurus e grandes mestres da yoga em várias partes da Índia, incluindo o Festival Internacional de Yoga em Rishikesh, bem como o Mela Festival Kumbha, em Haridwar. Já no mês de junho do mesmo ano, cineasta e fotógrafo finalizaram as filmagens do documentário em Nova York, onde conversaram com grandes pensadores, médicos indianos e americanos, além de professores iogues.

 

“O mundo vive grandes conflitos, existem muitas perguntas a serem respondidas. Foi muito interessante ouvir o que os grandes mestres da yoga têm a dizer sobre tudo isso, sobre a vida e a espiritualidade. A obra do Michael é o melhor livro de fotografia do mundo já feito sobre a yoga. Quando o Alcir Lacerda Filho, produtor da Urso Filmes, me convidou para o projeto fiquei muito empolgado em ir mais a fundo nesse universo. O filme é visualmente muito interessante e traz discussões filosóficas e contemporâneas muito importantes”, comenta o cineasta Heitor Dhalia.

 

Michael O’Neill é um dos fotógrafos mais respeitados do mundo. Ele trabalhou muitos anos para as publicações Fortune, Vanity Fair, The New York Times Magazine, Life, Rolling Stone, Time e Newsweek, além de inúmeros outros clientes, para os quais fotografou grandes artistas e celebridades. Depois de uma carreira de 35 anos carregando sua câmera, torcendo seu pescoço e comprometendo a sua postura, ele precisou passar por uma cirurgia em sua coluna vertebral. O procedimento, no entanto, resultou na paralisia do seu braço direito. O’Neill poderia ter aceitado seu destino e o final de sua carreira, mas ele escolheu outro caminho: estudar meditação, usar hidroterapia para recuperar o movimento e a yoga para equilibrar o sistema nervoso. Após um ano, ele foi capaz de mover seu braço novamente. Foi assim que a yoga e a meditação tornaram-se indispensáveis em sua vida, começando essa jornada, que agora será compartilhada com o Brasil.

 

Em uma produção da Paranoid Filmes, Urso Filmes e Michael O’Neill Studio, formando assim uma coprodução Brasil-Estados Unidos, On Yoga: Arquitetura da paz foi um dos finalistas da categoria no londrino Raindance Film Festival, que marcou sua estreia mundial.

 

Serviço

On Yoga: Arquitetura da paz, de Heitor Dhalia

41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Sexta-feira (20/10), às 20h10, no espaço Reserva Cultural (sala 2), com presença de Heitor Dhalia e Michael O’Neill

Domingo (22/10), às 14h, no CineArte 2

Segunda-feira (23/10), às 15h10, no Espaço Itaú de Cinema

Ingressos: http://41.mostra.org/br/filme/9298-YOGA-ARQUITETURA-DA-PAZ

 

 

MOSTRA DE CINEMA ARGENTINO CONTEMPORÂNEO VOLTA À CAIXA CULTURAL RIO DE JANEIRO EM SUA SEGUNDA EDIÇÃO

Após o sucesso de sua primeira edição, realizada em abril de 2016, a mostra Histórias extraordinárias: cinema argentino contemporâneo volta à CAIXA Cultural Rio de Janeiro de 07 a 19 de novembro (terça a domingo), trazendo uma seleção de 23 longas e curtas-metragens do país vizinho. O evento busca ampliar o olhar dos espectadores cariocas sobre uma das cinematografias mais fascinantes, diversas e reconhecidas internacionalmente. O patrocínio é da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

 

Com curadoria de Natalia Christofoletti Barrenha, pesquisadora de cinema argentino, e Agustín Masaedo, programador do Buenos Aires Festival Internacional de Cine Independiente (BAFICI), a programação apresenta tanto obras premiadas em festivais argentinos e internacionais quanto produções com sólidas passagens pelo circuito comercial de seu país. Apesar disso e do evidente interesse do público pela cinematografia argentina, tais filmes tiveram escassa ou nula visibilidade no Brasil (ainda que alguns estejam preparando seu lançamento comercial).

 

Entre os destaques selecionados, está o documentário As lindas (2016), da estreante Melisa Liebenthal. Premiado na seção Bright Future do Festival de Rotterdam, o longa ainda não foi exibido no Brasil. Os cariocas poderão conferir também os vencedores da Competição Argentina das duas últimas edições do BAFICI: A longa noite de Francisco Sanctis (2016), dos também estreantes Andrea Testa e Francisco Márquez; e A vendedora de fósforos (2017), de Alejo Moguillansky, diretor e montador já consagrado, de trajetória prolífica e presença assídua nos principais festivais internacionais.

 

Novembro ainda marca o vigésimo aniversário da estreia e premiação do filme Pizza, cerveja, baseado (1997) no Festival Internacional de Cinema de Mar del Plata, considerado o ponto de partida do chamado nuevo cine argentino. Assim, parte da mostra se dedica a celebrar esse momento fundacional da pungente produção cinematográfica daquele país. Duas décadas depois, o público brasileiro poderá se (re)encontrar com a ópera prima de Israel Adrián Caetano e Bruno Stagnaro, mergulhar na genealogia do nuevo cine com os curtas-metragens seminais de Histórias breves I (1995) e descobrir, na selvagem loucura do documentário Bonanza (2001), de Ulises Rosell, que as rupturas desse “movimento” transcenderam o cinema de ficção.

A programação se completa com a exibição especial de um dos filmes mais aguardados dos últimos anos: o maravilhoso Zama (2017), de Lucrecia Martel, inspirado na novela homônima de Antonio di Benedetto.

Las Lindas still 13

Presença de cineastas:

Como em sua primeira edição, as cineastas convidadas são alguns dos atrativos da mostraHistórias extraordinárias. Fruto da colaboração com o Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales (INCAA), a premiada diretora Milagros Mumenthaler estará presente na sessão de abertura conversando sobre seu tocante segundo filme, A ideia de um lago (2016).

 

Já a realizadora e atriz Ana Katz será uma das grandes protagonistas da mostra, que exibe quatro de seus longas-metragens – incluindo Minha amiga do parque (2015), ganhador do prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Sundance – e a convida para um diálogo com a atriz Andréa Beltrão, com quem trabalhou em seu novo filme, Sueño Florianópolis, atualmente em pós-produção.

 

Além das cineastas, Histórias extraordinárias receberá um dos mais influentes pensadores da cultura argentina atual: o escritor, professor e pesquisador Gonzalo Aguilar, que ministrará uma palestra sobre cinema argentino contemporâneo no dia 18 de novembro (sábado), às 16h30. Também serão realizadas sessões comentadas com a pesquisadora e professora da PUC-Rio María Celina Ibazeta, a crítica e pesquisadora da UFRJ Camila Vieira, e a historiadora e professora da UFU Mônica Campo.

 

A sessão de abertura, o bate-papo com Ana Katz e Andréa Beltrão e a palestra com Gonzalo Aguilar têm entrada franca, com distribuição de senhas uma hora antes do início e emissão de certificado para a palestra.

 

Programação:

07 de novembro (terça-feira)

17h00 – A ideia de um lago (2016), de Milagros Mumenthaler, 82 min, Blu-ray, Livre + Debate com a diretora, os curadores e a historiadora Mônica Campo + Recepção de abertura

 

08 de novembro (quarta-feira)

15h00 – Pizza, cerveja, baseado (1997), de Israel Adrián Caetano e Bruno Stagnaro, 80 min, Blu-ray, 16 anos

17h00 – Os Marziano (2011), de Ana Katz, 82 min, DVD, Livre

19h00 – Pinamar (2016), de Federico Godfrid, 84 min, Blu-ray, 12 anos

 

09 de novembro (quinta-feira)

15h00 – As lindas (2016), de Melisa Liebenthal, 77 min, Blu-ray, Livre

17h00  Minha amiga do parque (2015), de Ana Katz, 84 min, Blu-ray, 14 anos

19h00 – Bate-papo com Ana Katz e Andréa Beltrão. Mediação de Mônica Campo

 

10 de novembro (sexta-feira)

15h00 – Uma irmã (2017), de Sofía Brockenshire e Verena Kuri, 70 min, Blu-ray, 12 anos

16h30 – A dança das cadeiras (2002), de Ana Katz, 90 min, DVD, Livre

18h30 – Uma noiva errante (2007), de Ana Katz, 85 min, DVD, Livre + Debate com Ana Katz

 

11 de novembro (sábado)

15h00 – 20 anos breves (2015), de Bebe Kamin, DVD, Livre + seleção curtas-metragens Histórias breves I (1995), Vários diretores, Blu-Ray, 14 anos, Total: 105 min

17h00 – A vendedora de fósforos (2017), de Alejo Moguillansky, 69 min, Blu-ray, Livre

18h30 – Minha amiga do parque (2015), de Ana Katz, 84 min, Blu-ray, 14 anos + Debate com Ana Katz

 

12 de novembro (domingo)

15h00 – Perón, meu pai e eu (2017), de Blas Eloy Martínez, 80 min, Blu-ray, 12 anos

17h00 – O futuro perfeito (2016), de Nele Wohlatz, 65 min, Blu-ray, Livre

18h30 – Bonanza, em vias de extinção (2001), de Ulises Rosell, 84 min, DVD, 14 anos

 

14 de novembro (terça-feira)

15h00 – A dança das cadeiras (2002), de Ana Katz, 90 min, DVD, Livre

17h00 – 20 anos breves (2015), de Bebe Kamin, DVD, Livre + seleção curtas-metragens Histórias breves I (1995), Vários diretores, Blu-ray, 14 anos, Total: 105 min

19h00 – Os decentes (2016), de Lukas Valenta Rinner, 100 min, Blu-Ray, 16 anos

 

15 de novembro (quarta-feira)

15h00 ­ Bonanza, em vias de extinção (2001), de Ulises Rosell, 84 min, DVD, 14 anos

17h00 ­– Perón, meu pai e eu (2017), de Blas Eloy Martínez, 80 min, Blu-Ray, 12 anos

19h00 – Uma irmã (2017), de Sofía Brockenshire e Verena Kuri, 70 min, Blu-Ray, 12 anos +Comentários debate com Camila Vieira

 

16 de novembro (quinta-feira)

15h00 ­ A vendedora de fósforos (2017), de Alejo Moguillansky, 69 min, Blu-Ray, Livre

16h30 ­ Pinamar (2016), de Federico Godfrid, 84 min, Blu-Ray, 12 anos

18h30 – A longa noite de Francisco Sanctis (2016), de Andrea Testa e Francisco Márquez, 76 min, Blu-Ray, Livre + Comentários e debate com María Celina Ibazeta

 

17 de novembro (sexta-feira)

15h00 ­­­ Os Marziano (2011), de Ana Katz, 82 min, DVD, Livre

17h00 – Os territórios (2017), de Iván Granovsky, 101 min, Blu-Ray, Livre

19h00  As lindas (2016), de Melisa Liebenthal, 77 min, Blu-Ray, Livre.

 

18 de novembro (sábado)

15h00  O futuro perfeito (2016), de Nele Wohlatz, 65 min, Blu-Ray, Livre

16h30 – Palestr­a com Gonzalo Aguilar

18h30 – Zama (2017), de Lucrecia Martel, 115 min, Blu-Ray, 16 anos

 

19 de novembro (domingo)

15h00 – Uma noiva errante (2007), de Ana Katz, 85 min, DVD, Livre

17h00 – Os decentes (2016), de Lukas Valenta Rinner, 100 min, Blu-Ray, 16 anos

19h00 – Pizza, cerveja, baseado (1997), de Israel Adrián Caetano e Bruno Stagnaro, 80 min, Blu-Ray, 16 anos

 

Serviço:

Histórias extraodinárias: cinema argentino contemporâneo

Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Cinema 2

Endereço: Av. Almirante Barroso, 25 – Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)

Telefone: (21) 3980-3815

Data: de 07 a 19 de novembro de 2017 (terça-feira a domingo)

Horários: Consultar programação

Ingressos: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia). Além dos casos previstos em lei, clientes CAIXA pagam meia (A sessão de abertura, o bate-papo e a palestra com Gonzalo Aguilar são gratuitos).

Lotação: 80 lugares (mais dois para cadeirantes)

Bilheteria: terça-feira a domingo, das 13h às 20h

Classificação indicativa: Consultar programação

Acesso para pessoas com deficiência

Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

Realização: Buena Onda Produções

Apoio: Consulado General de la República Argentina en Río de Janeiro, Ministerio de Relaciones Exteriores y Culto de la República Argentina, Instituto Cultural Brasil Argentina, INCAA – Instituto Nacional de Cine y Artes Audiovisuales e Bistrô do Paço.

 

Site: www.cineargentino.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/cineargentinocontemporaneo/

Vimeo: https://vimeo.com/cineargentino

E-mailcineargentinocontemporaneo@gmail.com